Sábado, 25 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

30°

21° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Preso nessa segunda
29/06/2021 10h13
Por: Francine Dutra

Defensoria pede liberdade de acusado de matar mãe a pedradas em Teresina

A Defensoria Pública do Estado do Piauí entrou com um pedido de liberdade provisória de Willame José da Silva, 39 anos, acusado de assassinar a própria mãe, Maria das Graças Pereira da Silva, de 71 anos, com várias pedradas na cabeça na noite dessa segunda-feira (28), no bairro Lourival Parente, zona sul de Teresina.

O pedido foi protocolado pelo defensor público Jeiko Leal Melo Hohmann Britto, às 06h26 desta terça-feira (29), que pediu a aplicação de medidas cautelares diversas da prisão ou substituição da eventual prisão preventiva por prisão domiciliar do acusado, como sugeriu no documento, com a imediata expedição do alvará de soltura, para que possa responder o processo em liberdade, mediante compromisso expresso de se fazer presente a todos os atos, colocando-se à disposição da justiça..

Foto: Reprodução/WhatsApp
Foto: Reprodução/WhatsApp

Segundo a Defensoria Pública, no caso em questão o auto de prisão em flagrante não aponta que o requerente estivesse interferindo na apuração das provas, as destruindo ou coagindo testemunhas. Assim, segundo a defensoria, não existe risco à conveniência da futura instrução criminal nem indícios de que, se solto, traria perigo concreto à sociedade. 

Continua depois da publicidade

O caso

Willame José da Silva foi preso em flagrante na noite dessa segunda-feira (28), acusado de matar a própria mãe com várias pedradas na cabeça, na rua 9, no bairro Lourival Parente, zona sul de Teresina. 

A Polícia Militar foi acionada, e a área foi isolada pela equipe da Perícia Técnico Científica. O suspeito foi capturado por populares revoltados com o crime, que tentaram linchar o acusado, mas foram impedidos pelos policiais.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp