Domingo, 25 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

31°

21° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Marcelo Barradas
Marcelo Barradas
Notícias com Marcelo Barradas
Piauí Piauí
06/07/2021 16h11 Atualizada há 3 semanas
Por: Adriano Magno

Zé Santana rebate argumento de Celso Barros sobre escolha de conselheiro

A disputa pela cadeira do Tribunal de Contas do Estado do Piauí segue movimentando os poderes no estado.

Em entrevista ao Portal R10, o deputado estadual, Zé Santana rebateu a argumentação do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Piauí, Celso Barros Neto, que entende que a vaga deve ser ocupada por um advogado(a) e não um deputado, pois se trata de um cargo técnico e deve ser executado longe de influências políticas.

Zé Santana - R10
Zé Santana - R10

A afirmação teve repercussão no meio político, que já se articula para consenso entre os partidos, para viabilizar nomes de parlamentares em exercício para ocupar o cargo.

Continua depois da publicidade

Para o deputado Zé Santana, não faz o menor sentido, a OAB intervir no processo de escolha do novo conselheiro do TCE-PI “Lamentavelmente em um processo político que está ocorrendo no momento na OAB-PI, estão desvirtuando, utilizando como forma de plataforma eleitoral intervindo em coisas que não fazem o menor sentido”, disse.

Argumentou ainda sobre a eleição para escolha do desembargador do Tribunal de Justiça que ocorre de forma parecida entre os advogados.

“A partir deste princípio, os advogados não iriam votar a lista para compor o Tribunal de Justiça como desembargador, porque depois eles vão ter que julgar causas que são patrocinadas por advogados, tanto os que foram adversários, quanto os que foram parceiros na disputa eleitoral”, disse.

Na defensiva, o parlamentar que já afirmou ter colocado seu nome à disposição do partido para concorrer a vaga afirma que não pode haver discriminação na escolha, levando em conta que o candidato é um parlamentar em exercício.

“A gente não pode misturar as coisas, aqui na Alepi diversos deputados assim como eu sou advogado, e tenho outras formações, tem capacidade plena como sempre aconteceu de disputar qualquer tipo de eleição. E a constituição é muito clara, qualquer cidadão, preenchendo os requisitos não se pode ter discriminação de que por estar à frente de um mandato parlamentar ser excluído por conta disso” finalizou.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp