Domingo, 19 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

26°

22° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Política Desvio de recursos
07/07/2021 07h38 Atualizada há 2 meses
Por: Francine Dutra

Professor da UFPI é condenado a mais de 6 anos de prisão

A Justiça Federal condenou o professor aposentado Saulo Cunha de Serpa Brandão, a 6 anos e 6 meses de prisão pelo crime de peculato, tipificado no Art.312 do Código Penal.

A sentença, publicada nessa segunda-feira (5), é da juíza Vládia Maria de Pontes Amorim, da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Piauí.

Foto: Internet
Foto: Internet

Segundo acusação feita pelo MPF, o ex-presidente da Comissão Permanente do Vestibular da Universidade Federal do Piauí (COPEVE), é acusado de “diversas irregularidades no gerenciamento de recursos públicos na Comissão".

Continua depois da publicidade

Um inquérito instaurado pela Policia Federal aponta que o professor e o ex-reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Luiz Júnior, teriam propiciado desvio de recursos públicos em proveito dos denunciados Margarete Leal de Moraes e Pedro Alves de Carvalho Rocha Filho nos valores de R$ 1.718,92 e R$ 4.326,00, respectivamente, acarretando prejuízo aos cofres federais.

Na ação consta que Saulo Cunha, então presidente da COPEVE, por ordem do reitor, realizou pagamentos indevidos a Margarete Leal e Pedro Alves, sem terem prestado nenhum serviço para a entidade.

O MPF aponta que faltava critério técnico na seleção das pessoas que prestavam serviços à COPEVE, sendo comum a contratação precária e sem critérios de parentes e amigos dos denunciados.

O outro lado

O R10 tentou entrar em contato com Saulo cunha, mas não obteve resposta. O portal está aberto a esclarecimentos.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp