Sábado, 18 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

34°

22° 37°

Teresina - PI

Últimas notícias
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília
Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.
Política Política
19/07/2021 19h58 Atualizada há 2 meses
Por: Jornalista Milton Atanazio

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

LIVE_dia_22_julho.jpg

Continua depois da publicidade

 N  O  T  Í  C  I  A  S 

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

DESTAQUE G1

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Desmatamento na Amazônia cresce 51% nos últimos 11 meses em relação ao período anterior, aponta Imazon

Instituto também aponta que devastação do bioma no período é a maior dos últimos dez anos

Imazon: devastação na Floresta Amazônica cresce 51% em um ano e supera 8 mil km²

Imazon: devastação na Floresta Amazônica cresce 51% em um ano e supera 8 mil km²

A Amazônia Legal brasileira registrou 8.381 km² de desmatamento no acumulado dos últimos 11 meses, de agosto de 2020 até junho de 2021, a maior devastação para o período em dez anos, segundo o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

O desmatamento nos últimos 11 meses também é 51% maior que o registrado no período anterior, de agosto de 2019 a junho de 2020, quando o bioma apresentou 5.533 km² de devastação.

Considerando somente o acumulado deste ano, de janeiro a junho de 2021, a floresta perdeu uma área de 4.014 km², a maior taxa de desmatamento para um primeiro semestre registrado na última década, de acordo com o pesquisador do Imazon, Antônio Fonseca.

“As áreas desmatadas em março, abril e maio foram as maiores dos últimos 10 anos para cada mês. E, se analisarmos apenas o acumulado em 2021, o desmatamento também é o pior da última década”, explica Fonseca.

Ainda segundo o Instituto, 61% da devastação registrada no período ocorreu em terras privadas ou sob diversos estágios de posse. O restante foi registrado em Assentamentos (22%) e Unidades de Conservação (13%). Apenas 2% ocorreram em Terras Indígenas (2%).

Com isso, a estimativa é que taxa anual de desmatamento na Amazônia, medida de agosto de um ano a julho do ano seguinte, seja ainda maior que a registrada no período encerrado em 2020, considerado o recorde histórico pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), do governo federal, que usa outra metodologia e aponta as áreas sob alerta de desmatamento.

A pior taxa de desmatamento anual na Amazônia registrada pelo Inpe foi a de 2008, quando foram derrubados 12.911 km² de floresta. A segunda pior foi a de 2020, com 10.129 km² devastados.

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

Onde ocorre o desmatamento

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

Em junho, a Amazônia perdeu uma área de floresta de 926 km², território quase três vezes maior do que a cidade de Fortaleza, conforme o monitoramento do Imazon. Mais da metade deste desmatamento, 61%, está concentrado em apenas dois estados: Pará e Amazonas.

Dos 5 municípios mais devastados na Amazônia durante junho, três são do Pará e dois do Amazonas:

  • Altamira (PA): 61 km²
  • São Félix do Xingu (PA): 48 km²
  • Lábrea (AM): 47 km²
  • Novo Progresso: 42 km²
  • Apuí (AM): 41 km²

Entre as 10 unidades de conservação mais desmatadas em junho, o Pará abriga seis delas, sendo as terras do Triunfo do Xingu e de Jamanxin as mais afetadas. As cinco Terras Indígenas mais desmatadas no período também estão no estado.

Já os cinco assentamentos mais desmatados da Amazônia no mês estão no Amazonas.

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

DESTAQUES CNN

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

Segunda-feira, 19 de julho de 2021

O presidente Jair Bolsonaro deixou o hospital Vila Nova Star, na zona Sul de São Paulo, onde estava internado desde a última quarta-feira (14). Antes da hospitalização, o presidente sofria com uma crise de soluços. Segundo ele, o constante soluçar na última semana estava atrapalhando o seu cotidiano. Após exames, foi descoberto um quadro de obstrução intestinal.

Bolsonaro deixa hospital

Após deixar o hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde recebia cuidados médicos, Bolsonaro falou rapidamente com a imprensa: “Comecei a passar mal depois de uma cirurgia de implante, e a origem disso é complicado. Alguns dias depois agravou a crise de soluço, fogo no estômago. A causa era obstrução intestinal, porque a aderência é comum para quem sofreu cirurgia, como eu sofri pela facada”, disse. O presidente se referiu ao ataque sofrido em 2018, quando foi atingido no abdômen durante a campanha presidencial.

Negociações

Troca de mensagens entre Cristiano Carvalho, representante da Davati no Brasil, e Luiz Dominghetti, que presta serviços informalmente para a empresa, revela que, para vender vacinas da AstraZeneca e da Janssen, procuraram desde o Ministério da Saúde até governadores e prefeitos. A CNN teve acesso a diálogos entre os dois – os áudios estão com a CPI da Pandemia. As conversas citam nomes de políticos e parceiros. Em uma das conversas, Dominghetti afirma que “diversas propostas” foram enviadas aos “consórcios de governadores e demais estados e municípios”.

Reino Unido

O Reino Unido suspende hoje as restrições impostas para a prevenção contra a Covid-19. A ocasião tem sido chamada pelos britânicos de Freedom Day (ou Dia da Liberdade, em português). Com a decisão, o uso de máscaras não será mais obrigatório e também não haverá mais limite para o número de pessoas que podem se reunir em ambientes internos ou externos. O distanciamento social será limitado a quem tiver teste positivo para o vírus. O experimento poderá revelar as consequências da suspensão, do ponto de vista epidemiológico, para um país com grande população e casos crescentes da doença.

Vacinação em São Paulo

A prefeitura de São Paulo começa hoje a imunizar pessoas de 34 anos contra a Covid-19.  A vacinação será realizada nos drive-thrus, megapostos e farmácias, das 8h às 17h. Nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 7h às 19h, e nas AMAs/UBSs Integradas, também das 7h às 19h. Moradores que fazem parte dos públicos abertos nas etapas anteriores da campanha, e ainda não se vacinaram, também podem ir aos postos de vacinação para receber a dose do imunizante contra a Covid-19.

Reforma tributária

Muitas aplicações financeiras estão no centro da segunda parte da reforma tributária apresentada há algumas semanas pelo governo federal. Algumas mudanças que estavam no texto original, porém, acabaram fora da nova versão, apresentada pelo relator do projeto na Câmara, deputado Celso Sabino (PSDB/PA). Algumas delas deixavam os impostos dos investidores mais baixos e, outras, mais altos. As cobranças mais altas restituídas por Sabino na nova versão, no geral, foram feitas para conseguir bancar uma redução bem maior no imposto de renda das empresas: hoje ele chega a 25% sobre o lucro, cairia para 20% com a versão inicial da reforma e, com o novo texto, será derrubado a 12,5%.

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

ESTADÃO – DESTAQUE de hoje – Coluna do Estadão

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

 

Segunda-feira, 19 de julho – Panorama da política nacional - RESUMO DO DIA

CPI da Covid vai apurar propagação de mentiras

Cúpula da CPI da Covid. FOTO: EDILSON RODRIGUES/AG. SENADO

CPI da Covid pretende aproveitar o recesso parlamentar para analisar perfis nas redes sociais que divulgaram fake news sobre a pandemia do coronavírus. As contas de nove parlamentares já entraram na mira. Além deles, influenciadores bolsonaristas, também investigados pela CPI das Fake News, foram identificados como propagadores de desinformação sobre a doença no Twitter, Instagram e Facebook: eles integram a lista de mais de 60 perfis que a CPI pedirá às redes a quebra de sigilo dos cadastros, das mensagens privadas e publicações.

Libera. O ofício, ao qual a Coluna teve acesso, pede “urgente backup” das informações e que as empresas mantenham sob custódia as cópias de todos os dados solicitados. O documento, ainda não enviado, dá prazo de 24 horas para respostas.

Na mira. Segundo técnicos da CPI, esses perfis fizeram campanha contra a vacina e propaganda do uso de medicamentos sem eficácia comprovada, como a famosa hidroxicloroquina.

Vixe! Jair Bolsonaro gosta de brincar com fogo. Ao atacar Marcelo Ramos (PL-AM), o presidente parece se esquecer de que o deputado é o vice de Arthur Lira e, frequentemente, ocupa a presidência da Câmara. Ou seja, se quiser, Ramos pode ler um dos muitos pedidos de impeachment

Right… Expoente da tropa de choque bolsonarista na CPI, Marcos Rogério (DEM-RO) gosta de repetir que a comissão cria “narrativas” para desestabilizar o governo e tem passado pano para graves indícios de irregularidades.

…on… Por causa de sua atuação na comissão, Rogério tem sido alvo das redes sociais  antibolsonaristas depois de ter aparecido na comissão ostentando um relógio da marca Rolex, supostamente avaliado em quase R$ 100 mil.

…time. “Senador ganha R$ 33 mil por mês. Esses caras precisam explicar esses milagres, virar coach financeiro e tal…”, postou Felipe Neto.

SINAIS PARTICULARES.
Marcos Rogério, senador (DEM-RO)

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO

Binóculo. Os mais atentos no PSDB-SP notaram que a comitiva de Eduardo Leite tem contado com a presença constante de Rodrigo Castro, deputado ligado ao colega Aécio Neves, ambos de Minas Gerais.

Binóculo 2. A leitura é de que essa é mais uma digital do “patrocínio” de Aécio a Eduardo Leite nas prévias presidenciais do PSDB.

Como assim? Em Salvador, Leite jantou com o presidente nacional do DEM, ACM Neto. O governador do Rio Grande do Sul disse ter sido um erro a aprovação pelo Congresso da ampliação do Fundo Eleitoral para R$ 5,7 bilhões. A bancada do PSDB votou pelo incremento da dinheirama…

CLICK. Bia Kicis (de branco, à esquerda), deputada federal e presidente da CCJ, em missa dominical na Igreja Nossa Senhora do Carmo, a antiga Sé, no Rio.

FOTO: REPRODUÇÃO TWITTER

2022. Já tem data o próximo encontro da série Primárias, promovida pelo Centro de Liderança Pública (CLP) e o Estadão: 12 de agosto. Eduardo Leite, Luiz Henrique Mandetta e Ciro Gomes estão confirmados.

PRONTO, FALEI!

Bruno Caetano. FOTO: ANTONIO BRASILIANO/ALESP

Bruno Caetano, ex-secretário municipal de Educação de São Paulo: “Enquanto o Brasil triplica o fundão eleitoral, quase dois milhões de alunos pobres perdem o direito à isenção e não farão o Enem. Tragédia.”

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

ANÚNCIO_DOCAM_2_jpeg.JPG
www.docam.com.br
docan_novo.JPG

SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0

anúncio_foco_naz_politica.JPG
JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/Veículos

ABRACAM NOTÍCIAS –
Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!
www.abracambrasil.org.br
FOCO NA POLÍTICA –
Um panorama da política nacional direto de Brasília
www.foconapolitica.com.br
BRAZILIAN NEWS –
O seu site de notícias de Brasília para o Mundo
www.braziliannews.com.br
PORTAL R10 – O seu portal de notícias
www.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasilia
Direto com o jornalista MILTON ATANAZIO
[email protected] e
whatsapp 61 9 8191-9906
Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br
Fonte: G1, CNN, Estadão, Poder 360
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp