Sábado, 18 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

30°

22° 37°

Teresina - PI

Últimas notícias
Radar Político
Radar Político
Últimas notícias, entrevistas, reportagens e análises sobre o que acontece na política.
Política Política
01/08/2021 12h12
Por: Cristina

Voto impresso: manifestantes fazem ato e Bolsonaro participa por videochamada

Apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), promoveram ato a favor da mudança no sistema eleitoral brasileiro para o voto impresso neste domingo (1º/8).

Em Brasília, a movimentação se concentrou na Esplanada dos Ministérios, com uma grande quantidade de pessoas. Vestidos com as tradicionais camisetas canarinho, os apoiadores carregavam bandeiras do Brasil e passeavam com e sem máscaras pelo gramado. A expectativa é de que mais apoiadores do presidente cheguem ao local ao longo do dia.

Foto Hugo Barreto/Metrópoles
Foto Hugo Barreto/Metrópoles

Do Palácio da Alvorada, Bolsonaro participa do ato por meio de uma videochamada. Aos manifestantes, ele afirmou que “sem eleições limpas e democráticas” não haverá pleito em 2022.

Continua depois da publicidade

manifestantes esplanada

Manifestações no Rio

A capital fluminense também demonstrou seu apoio ao atual presidente da República. Concentrados em Copacabana, bairro da zona sul carioca, os manifestantes também carregavam bandeiras e levantavam cartazes para o voto impresso e auditável. Cinco carros de som davam apoio ao movimento.

Reação

O apoio dos manifestantes veio em resposta às reações da live do presidente da República. Após a transmissão de Bolsonaro dessa quinta-feira (29/7), os aliados do presidente da República julgaram que a reação da base bolsonarista foi “excelente”, o que justificaria a grande adesão dos apoiadores.

A promessa de apresentar provas de fraude eleitoral, no entanto, não foi cumprida por Bolsonaro, que apresentou vídeos que não demostraram qualquer comprovação das acusações.

Durante evento que foi realizado no Palácio da Alvorada, Bolsonaro levou um auxiliar, que se apresentou apenas como Eduardo, para mostrar os supostos indícios, mas apenas divulgou vídeos que já circulam na web e por aplicativo de mensagens, com pessoas dizendo que apertaram 17 na urna e não viram a foto de seu candidato, denúncias que foram feitas em 2018 mas não foram provadas em nenhuma ocasião.

Para o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente falou para “convertidos” ao dizer que só tinha “indícios” da suposta fraude eleitoral.

Fonte: Metrópoles
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp