Domingo, 19 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

26°

22° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Teresina Teresina
05/08/2021 10h19
Por: Bruna Sampaio

Casa de Zabelê apresenta coleção de moda inspirada na literatura de Cordel

Celebrando a conclusão da sétima turma dos cursos de profissionalização em Moda e Serigrafia, a Casa de Zabelê, referência no atendimento a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade em Teresina, apresenta a coleção “Meu Cordel Nordestino: de Sonho e Sol Alinhavo meu Destino”, com figurinos totalmente pensados e produzidos pelos seus socioeducandos.

O coordenador técnico da Casa, Francisco Moreira, explica que a coleção é fruto da pesquisa dos estudantes e que traz como objetivo destacar o que o Nordeste tem de melhor. “Os socioeducandos vivenciaram um processo de pesquisa, tanto na parte prática quanto na parte teórica, estabelecendo o desenvolvimento da coleção inspirados na cultura nordestina e na literatura de cordel. Como resultado das atividades desenvolvidas, mostramos um trabalho que trouxe um resgate da nossa cultura e, mais do que isso, possibilitou que os jovens se redescubram e reconheçam suas próprias origens no processo de afirmação de suas identidades”, afirmou.

Casa de Zabelê apresenta coleção de moda inspirada na literatura de Cordel

De acordo com a modelista Dorgilene Miranda, instrutora responsável pela turma de moda, a proposta da coleção é reforçar os traços da cultura nordestina, usando como base tecidos naturais como o algodão e tons terrosos. “Todas as nossas coleções são pensadas como uma forma de construir história. E para essa coleção em especial os educandos decidiram destacar por meio da moda e fazer história com a literatura de cordel, ressaltando e dando uma nova roupagem a história e a força da cultura nordestina”, pontuou Dorgilene.

Os cursos de Moda e Serigrafia desenvolvidos pelo núcleo de profissionalização da Casa de Zabelê oferecem oportunidades de formação profissional desde 2004, e contam com dois laboratórios equipados para oferecer atividades práticas de qualificação, além de um acompanhamento psicopedagógico para os assistidos. Com duração de dois anos, os cursos têm como proposta pedagógica o binômio educação e profissionalização, que traz como pilares o estudo das raízes de formação do povo brasileiro, bem como o aprendizado das habilidades técnicas do profissional de moda e serigrafia.

Graças a profissionalização muitos jovens têm a oportunidade de construir novos rumos para suas vidas, como destaca Valderlenny Nunes, socioeducanda do curso de serigrafia. “A formação em serigrafia para mim está sendo muito importante, pois um dos meus planos de vida é abrir minha própria gráfica e colocar em prática tudo que eu aprendi. É um mundo de encantos quando você pode usar a sua própria arte para conquistar sua autonomia e buscar a realização de seus sonhos”, pontuou Valderlenny.

Além da qualificação para o mercado de trabalho, durante a formação os educandos são estimulados através de diversas atividades a buscarem a afirmação de suas identidades, tornando-se protagonistas de suas próprias histórias, como relata a jovem Gabriele Fernandes, da sétima turma de Moda. “A Casa de Zabelê mudou a minha vida. Através do estudo das raízes indígena, europeia e africana eu descobri a minha ‘brasilidade’ e me reconheci como a mulher que sou, me aceitando como negra e aprendendo a construir uma história por meio das técnicas de moda”, finalizou a educanda.

Ao concluir a formação teórica os alunos produzem um trabalho final, em que é proposto a elaboração de um produto comercial, com as referências das raízes estudadas na prática das habilidades de cada profissão durante o processo de ensino e aprendizagem do curso. Após a apresentação dos resultados, os principais figurinos são disponibilizados para a venda na loja da Casa, como forma de angariar recursos para a continuidade das ações desenvolvidas.

A CASA DE ZABELÊ

Localizada na Av. Pedro Freitas, bairro Vermelha, a Casa de Zabelê foi inaugurada em 1996, como uma resposta da Igreja Católica à proposta apresentada pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente em atenção às crianças e adolescentes vítimas de violência em Teresina. Atualmente, a Casa é mantida com recursos provenientes da parceria entre a Ação Social Arquidiocesana (ASA) e a Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Cidadania e Assistência Social.

Fonte: Ascom
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp