Quarta, 01 de Dezembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

26°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Piauí Piauí
10/08/2021 09h23 Atualizada há 4 meses
Por: Bruna Dias

Caminhoneiro é autuado por transportar 37 ton de milho sem nota fiscal

Policiais Rodoviários Federais autuaram nessa segunda-feira (09), um homem de 35 anos por estar transportando mais de 37 toneladas de milho sem documentação fiscal. Além disso, a passageira do veículo, uma mulher de 24 anos, foi autuada por portar, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar. Toda a ação ocorreu na BR 343 no município de Piripiri/PI.

Os policiais realizaram a abordagem do veículo M.BENZ/AXOR 2644S6X4 e durante fiscalização, ao ser questionado sobre a documentação da carga, o condutor não apresentou documento fiscal para o carregamento de 37.800 kg de milho.

Foto: Divulgação/PRF
Foto: Divulgação/PRF

Em razão da demonstração de nervosismo incomum durante o procedimento de fiscalização da dupla, os policiais procederam as buscas no veículo e, com a passageira, foi encontrada 1 cartela, contendo 5 unidades de NOBÉSIO EXTRA FORTE(Rebites). Esse medicamento é utilizado pelos motoristas como inibidor de sono, comumente conhecido como “rebite”, de forma a prolongar o tempo acordado e poder dirigir por longas distâncias.

Continua depois da publicidade

Diante dos fatos, foi lavrado um Termo Circunstanciado por descumprimento ao Art. 28 da Lei. 11.343/06 - Porte de droga para consumo (Consumado) para a mulher e um Termo Circunstanciado por descumprimento do Art. 2° da Lei 8.137/1990 -Transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal para o homem. A ocorrência foi encaminhada ao Juizado Especial Criminal na comarca de Piripiri/PI para os procedimentos necessários. O condutor e a passaheira se comprometeram a comparecer em audiência judicial referente à prática delituosa.

Fonte: Agência PRF
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp