Quinta, 09 de Dezembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

28°

25° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Carlos Eugênio
Carlos Eugênio Correspondente do município.
Cidades Cidades
13/08/2021 15h15 Atualizada há 4 meses
Por: Bruna Dias

Emater garante comercialização de 55 toneladas de alimentos em Pau D’arco

Com uma população estimada pelo IBGE, de 4 mil habitantes, o pequeno município de Pau D’arco do Piauí, na região norte do Piauí, tem no Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Piauí (Emater-PI), um importante parceiro no aquecimento da economia local. Isso porque a atuação do instituto, assim como da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), garante renda para os agricultores familiares do município, que vendem seus excedentes de produção a programas governamentais, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Ao término do biênio 2020-2021, a atuação do Emater-PI na cidade terá viabilizado a comercialização de 55 toneladas de alimentos, distribuídos pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do município às famílias de baixo poder aquisitivo residentes em Pau D’arco do Piauí.

Divulgação Ccom
Divulgação Ccom

Dentre os beneficiários, estão agricultoras familiares do Assentamento Saraiva, que comercializaram 5,5 toneladas de bolo, distribuídos pela prefeitura ao longo de 2020 e no primeiro semestre de 2021. Como parte do projeto, antes da comercialização, as mulheres da comunidade receberam capacitações promovidas pelo Emater-PI, através de parcerias com outras instituições, voltadas às boas práticas na produção destes alimentos.

Continua depois da publicidade

“Esse projeto beneficiou muitas famílias que estavam paradas, sem nenhuma renda, e com esse trabalho conseguiram uma renda. Nós agradecemos ao Emater, que foi o nosso principal parceiro, por meio do Roberval Gabriel, que elaborou o projeto”, destaca Dona Raimunda, uma das moradoras beneficiadas na comunidade.

Roberval Gabriel, técnico do Emater-PI que presta assistência aos moradores da comunidade, destaca a importância da atuação do instituto nestas comunidades piauienses.

“Esse trabalho foi viabilizado graças à emissão da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) do tipo Jurídica para a comunidade, que, assim, passou a ter acesso às políticas públicas voltadas à agricultura familiar. A nossa alegria é saber que as famílias estão trabalhando e produzindo”, destaca.

Além das 5,5 toneladas de bolo, serão comercializadas 30 toneladas de melancia, 7 de macaxeira, 5 de abóbora, 2 toneladas de milho e 1 tonelada de feijão.

Fonte: Ccom
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp