Segunda, 18 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

36°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
Marcelo Barradas
Marcelo Barradas
Notícias com Marcelo Barradas
Piauí Piauí
16/09/2021 13h26 Atualizada há 1 mês
Por: Cristina

Flora Izabel é eleita conselheira do TCE-PI com 17 votos

A deputada estadual Flora Izabel (PT) foi eleita Conselheira do Tribunal de Contas do estado do Piauí (TCE-PI), nesta quinta-feira (16), em sessão especial no plenário da Assembleia Legislativa do Estado (ALEPI). Os inscritos disputavam a vaga depois de terem seus nomes aprovados pela Comissão Especial e divulgados pela Mesa Diretora da ALEPI.

Até a manhã de hoje 10 candidatos estavam no páreo, que foi considerado um dos mais concorridos da história da Corte de Contas do estado. Com o anúncio da desistência de dois candidatos, Zé Santana e Flávio Nogueira Júnior, permaneceram na disputa: Thiago Edirsandro Albuquerque Normando, Nayara Figueiredo de Negreiros, Roosevelt dos Santos Figueiredo, Ricardo Teixeira de Carvalho Júnior, Flora Izabel Nobre Rodrigues, Wilson Nunes Brandão, José de Jesus Cardoso da Cunha, Flávio Teixeira de Abreu Júnior.

Ascom Alepi/Tiago Amaral
Ascom Alepi/Tiago Amaral

Ao todo foram contabilizados 30 votos, destes 17 foram para Flora Izabel e apenas 12 votos para o deputado Wilson Brandão (PP), e um voto em branco.

Os demais candidatos não obtiveram nenhum voto.

'É com muita emoção que recebo, mas também com o sentimento de muita responsabilidade, porque ser escolhida pelos meus pares numa eleição bastante disputada. Nós estamos nesse processo há vários meses e conseguir ganhar no primeiro turno é um momento de emoção. O TCE tem um papel importante na fiscalização das contas públicas e minha bandeira nesses meses foi fazer um link entre o tribunal e a sociedade, as comunidades", disse Flora.

Desistências

O deputado estadual, Zé Santana informou ao PortalR10 na manhã desta quinta-feira (16), que a desistência da candidatura a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do estado do Piauí aconteceu após constatar a inviabilidade de chegar ao segundo turno das eleições.

Para o parlamentar, deputados que declararam apoio ao seu nome mudaram de opinião e a probabilidade da candidata Flora Isabel (PT), ter a maioria dos votos para chegar ao segundo turno foi decisivo.

“Pessoas que estavam comprometidas com a nossa candidatura comunicaram que haviam mudado de opinião e mais em função de tentar preservar a unidade da base do governo, já que não se tinha perspectiva de ir para o segundo turno, o grupo achou melhor que se retirasse a candidatura e tentasse ter a união da base da candidatura que estava com maior perspectiva, com o maior número de votos, que era o da deputada Flora Isabel (PT)”, disse. 

 

 

 

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp