Terça, 26 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

25°

22° 37°

Teresina - PI

Últimas notícias
Jucelma Sales
Jucelma Sales Correspondente do município.
Cidades Picos
21/09/2021 15h16
Por: Jucelma Sales

Prefeito Gil sanciona lei que cria cadastro de cães do Centro de Zoonoses para adoção

Depois de Picos ser pioneiro no interior do Piauí, com uma ação para castrar, gratuitamente, animais de rua, cães e cadelas, através da Secretaria Municipal de Saúde, com apreensão desses animais pelo Centro de Zoonoses e apoio da APAPI – Amigos Protetores dos Animais de Picos, o município dá outro passo na proteção animal.

O Prefeito Gil Marques de Medeiros sancionou, na manhã de segunda-feira, 20, a Lei Municipal nº 3114/2021, que dispõe que o Centro de Zoonoses deverá manter cadastro atualizado dos animais para fins de realização de feira de adoção dos mesmos.

Foto: CCOM
Foto: CCOM

“Estamos avançando nos cuidados humanizados e eficientes para dar mais dignidade, saúde e uma família de tutores responsáveis para animais  abandonados em nossa cidade. O apoio da APAPI é importante no pós-operatório desses animais e nos cuidados necessários para que eles, ou sejam adotados, ou retornem para os lugares de origem, onde são cuidados como cães comunitários, mas castrados e barrando assim a procriação desenfreada que geraria mais abandono” explicou Aldo Gil, secretário de Saúde de Picos.

Continua depois da publicidade

Já o prefeito Gil afirmou que é importante cuidar dos animais para termos mais saúde para todos:

“A gente cuidando dos animais abandonados também está cuidando da saúde das pessoas, porque estamos fazendo o possível pra diminuir a quantidade de animais soltos nas ruas, o que vai evitar acidentes e doenças, de uma forma sem sofrimento e com a maior atenção possível, castrando e dando oportunidade de alguém adotar os bichinhos”, disse o prefeito.

Para o procurador Geral do Município, advogado Antônio José de Carvalho Júnior, a sanção é importante para escrever uma nova página para a causa animal na cidade de Picos, que tem servido de exemplo para outros municípios:

“É um exemplo a ser seguido. Primeiro houve a designação legal de tratamento humanitário, proibindo o extermínio indiscriminado no Centro de Zoonoses, depois a lei de castração gratuita e, agora, estamos dando um passo a mais, permitindo que o Centro de Zoonoses faça um cadastro detalhado dos animais apreendidos para que possam ser adotados” explicou o Procurador.

A partir de agora, o Centro de Zoonoses, que já abriga temporariamente os animais de rua castrados para passarem o período de recuperação do pós-operatório, deverá também realizar cadastro com dados e fotos do animal para que as pessoas possam acessar e decidir pela adoção de forma mais rápida e prática.

Fonte: Fátima Miranda / CCOM
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp