Quinta, 28 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

29°

25° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Teresina Teresina
30/09/2021 11h50 Atualizada há 4 semanas
Por: Bruna Dias

Mulher morre em Teresina após cirurgia plástica e filha denuncia erro médico

Uma mulher identificada como Benedita Mesquita, 38 anos, morreu no dia 24 de setembro, após passar por uma cirurgia de lipoaspiração em Teresina. 

A filha de Benedita, Brysa Silva, expôs o caso nas redes sociais e acusa o cirurgião Carlos Tajra de de ter feito o procedimento de enxertia ( aplicação de gordura no glúteo) sem autorização.

Benedita - Foto: Reprodução
Benedita - Foto: Reprodução

"Minha mãe fez uma lipo de gordura na barriga no dia 03 de setembro, numa sexta-feira, e no dia 04 de setembro, no sábado, minha mãe voltou pra casa se queixando de muita dor no bumbum, não dormia", relatou. Segundo a jovem, a mãe passou três dias sentindo dor. "No dia 07 de setembro a gente foi pro hospital, voltamos pra casa, no dia 08 fomos de novo porque o dreno da barriga dela estava saindo secreção com odor muito forte, e ela foi internada". 

Continua depois da publicidade

Benedita foi transferida para a UTI, onde foi entubada e permaneceu por 16 dias, mas não resistiu. 

Segundo Brysa, a mãe assinou um termo autorizando lipoaspiração de barriga e braços, mas disse que notou que havia sido feito procedimento no bumbum. "Minha mãe não pediu para ser feito bumbum".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Brysa silva (@brysasilva_)

Em nota, o médico relatou que na consulta, em comum acordo, foi acertada a realização de lipoescultura de corpo inteiro, além de enxertia de gordura em região sacra e glúteo superior para refinamento de cirurgia prévia.

Ele afirma que procedeu com a cirurgia, contudo, a paciente adquiriu uma bactéria (Escherichia coli), com perfil não hospitalar, e que, infelizmente, evoluiu de forma grave com sepse generalizada.

O médico esclareceu que "desde o período pós-operatório e internação em UTI, a paciente teve toda a assistência necessária, com todo o aparato mais moderno disponível, bem como acompanhamento diário realizado por mim e pela equipe médica do hospital onde estava internada. Mesmo assim, infelizmente, evoluiu para óbito". 

Após a divulgação da nota, Brysa voltou a mostrar nas redes sociais o documento assinado pela mãe, onde mostra a autorização do procedimento de lipoaspiração, e não lipoescultura como divulgou o médico.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Brysa silva (@brysasilva_)

Veja a nota do médico na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Primeiramente, gostaria de manifestar o meu mais profundo e sincero pesar pelo falecimento da senhora Benedita Mesquita. Solidarizo-me com a família neste momento de dor.

É importante esclarecer que a paciente me procurou, em julho de 2021, pela confiança em mim depositada, em virtude de outros procedimentos cirúrgicos estéticos executados anteriormente. Na consulta, em comum acordo, acertamos a realização de lipoescultura de corpo inteiro, além de enxertia de gordura em região sacra e glúteo superior para refinamento de cirurgia prévia.

Em setembro de 2021, procedemos com a cirurgia, contudo, a paciente adquiriu uma bactéria (Escherichia coli), com perfil não hospitalar, e que, infelizmente, evoluiu de forma grave com sepse generalizada.

Desde o período pós-operatório e internação em UTI, a paciente teve toda a assistência necessária, com todo o aparato mais moderno disponível, bem como acompanhamento diário realizado por mim e pela equipe médica do hospital onde estava internada. Mesmo assim, infelizmente, evoluiu para óbito.

Mais uma vez, lamento a perda e adianto que estou à disposição da família para qualquer assistência que seja necessária, bem como para demais esclarecimentos.

Carlos Eduardo Feitosa Tajra

CRM 3820/PI

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp