Domingo, 17 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

27°

23° 37°

Teresina - PI

Últimas notícias
Vereadores
Vereadores
A coluna de notícias dos Vereadores
Política Política
30/09/2021 15h27 Atualizada há 2 semanas
Por: Bruna Dias

Vereador José Wilson critica Sônia Lira por não comparecer à CMA após convocação

O não comparecimento da secretária de educação do município de Altos, professora Sônia Lira, à Câmara de Vereadores, causou indignação ao vereador José Wilson (Cidadania), autor do requerimento de convocação aprovado em sessão ordinária realizada em 23 de junho. Wilson reclamou que a secretária não compareceu à casa e nem justificou sua ausência.

"Eu havia preparado algumas perguntas e sugestões com o objetivo contribuir com a educação do nosso município. Mas a secretária deu o silêncio como resposta", lamenta o parlamentar.

Reprodução
Reprodução

Ainda de acordo com José Wilson, a secretária seria indagada sobre temas importantes, como a presença de profissionais das áreas de psicologia e assistência social nas escolas; se a modalidade multisseriada ainda estava sendo trabalhada e sobre de que forma a secretaria estava distribuindo os kits da alimentação escolar.

Continua depois da publicidade

O vereador ainda elencou outros assuntos que seriam discutidos na presença da secretária Sônia Lira.

"Nosso questionário contemplava outros temas importantes. Queremos saber sobre os intérpretes de libras para alunos com deficiência auditiva; acompanhamento nutricional de alunos com o obesidade, diabetes e outras doenças; se a compra de alimentos, direto com o produtor local, estaria acontecendo, além de muitos outros questionamentos de interesse da comunidade", observa José Wilson.

Processo por desacato

O verador aproveitou para destacar que Sônia Lira poderá ser processada por desacato à CMA, uma vez que a secretária não apenas faltou à convocação, como também não apresentou justificativa razoável. 

"Solicito a esta casa que um inquérito seja instaurado, pois fomos desacatados. Nossa intenção era apenas de contribuir com a educação do nosso município, mas a secretária de educação infelizmente preferiu nos dar o silêncio como resposta", reclamou.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp