Terça, 19 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

25°

24° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
Luís Gustavo
Luís Gustavo Correspondente do município.
Cidades Setembro Verde
30/09/2021 19h23 Atualizada há 2 semanas
Por: Luís Gustavo

SETEMBRO VERDE: Prefeitura de Fronteiras realiza evento e finaliza mês com chave de ouro; Confira

A Prefeitura Municipal de Fronteiras – PI, na pessoa do Prefeito Eudes Agripino Ribeiro, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SMASC), na pessoa da Primeira Dama e Secretária de Assistência Social e Cidadania, Zildênia Ribeiro, por meio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), Criança Feliz, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e demais programas assistenciais do município realizaram a campanha SETEMBRO VERDE, onde o mês é dedicado a dar visibilidade à inclusão social da pessoa com deficiência. Vale ressaltar que a campanha contou com o apoio de todas as demais secretarias.

Com o intuito de chamar a atenção da população sobre a importância da inclusão das pessoas com deficiência na sociedade, a SMASC se preparou juntamente com a participação das demais esferas municipais, onde promoveram a Campanha Setembro Verde, que reforça a importância da acessibilidade e da inclusão social que possibilita dar a todas as pessoas os mesmos direitos e oportunidades.

Prefeito Eudes, Coordenadora do CRAS, Eudiná Ribeiro, Coordenadora de Planejamento e Administração da SEMED e Equipes Gestoras das Escolas Municipais
Prefeito Eudes, Coordenadora do CRAS, Eudiná Ribeiro, Coordenadora de Planejamento e Administração da SEMED e Equipes Gestoras das Escolas Municipais

Sendo ministrada pelas Professoras convidadas Fabiana Alencar e Francyneas Carvalho, a campanha teve como objetivo central tornar o mês de setembro referência na luta pelos direitos da pessoa com deficiência. Conscientizar a população sobre a importância da inclusão social da pessoa com deficiência é o primeiro passo para construirmos uma sociedade, de fato, mais inclusiva e justa.

Prefeito Eudes debate com os presentes sobre a inclusão social no município 

“Quero parabenizá-las, em especial a irmã Fabiana que é mãe , pela forma à qual se dedica a seu filho, é um caso excepcional, pois ela vive a experiência do dia a dia. Queria que a população fronteirense estivesse aqui presente conosco, para entender um pouco sobre a inclusão social, no que se diz respeito as deficiências, mas por conta da pandemia não está sendo possível. Daqui em diante, iremos tratar com mais carinho das demandas da causa autista e de outras mais com a Secretaria de Educação, afim de ajudar no desenvolvimento e crescimento de cada aluno especial na sala de aula.” finaliza.

Mãe do Jeremias, a Professora Fabiana Alencar relata um pouco da temática a qual baseia sua realidade com o autismo

“Trabalhar a temática da inclusão se faz muito necessária, porque nós temos muitas leis sobre inclusão, onde destaco a Lei Brasileira de Inclusão (LBI), onde possuímos mais de 100 artigos garantidos na lei, mas quando viemos para a realidade a gente vê crianças barradas em escolas por conta de suas dificuldades de aprendizagem, ou seja, por conta de suas deficiências.” pontua Fabiana.

A professora Francyneas Carvalho explicou um pouco sobre o processo de desenvolvimento escolar dos alunos especiais

“O desenvolvimento de aprendizagem é algo que está relacionado ao desenvolvimento escolar do nosso aprendente. Esse desenvolvimento faz parte de três categorias: a maturação, que está ligada a genética do nosso aprendente e ao ambiente que ele permanece e ao processo que ele passa. A evolução, processo constantemente crescente. O crescimento, que está relacionado à parte física da criança, com o desenvolvimento do crescimento. Devemos saber dialogar e lidar com nossos pequenos, para que não venham a machucar e não deixar sua família em uma situação complicada.” pontuou.

A Coordenadora do CRAS, Eudiná Ribeiro, destacou a importância das ações desenvolvidas pela pasta da Secretaria de Assistência Social e Cidadania 

“Esse evento é de grande relevância, onde destacamos a importância desse mês alusivo à pessoa com deficiência, onde ninguém pode ficar de fora. Nós que fazemos a Secretaria de Assistência Social e Cidadania e o CRAS sentimos o desejo de hoje promover esse momento para trazermos à memória e conscientizar todos nós da importância e da participação na vida dessas pessoas. Devemos juntos, proporcionar a garantia dos seus direitos que já são adquiridos através de leis, onde também devemos reforçar a acessibilidade e acima de tudo amar, pois amar é a palavra chave que devemos ter dentro de nós todos os dias para com nossas crianças especiais.” finaliza.

A Assistente Social do CRAS, Conceição de Maria, trouxe à tona algumas a disponibilização de benéficos através da Secretaria de Assistência Social 

“Em nosso município, temos duas possibilidades de passe livre, a intermunicipal e a interestadual, que é gratuito e é um direito da pessoa com deficiência, é um direito do autista também. Existe também em nosso município, a Carteira de Identificação do Autismo, onde podemos divulgar o que o município possuí, que é um direito tanto da pessoa com deficiência quanto do autista. Ainda temos o BPC, que dependendo da vulnerabilidade da família, tem uma instituição em Picos que atende, porém a demanda é muito alta e crescente.” pontua Conceição.

O evento contou com a presença do Prefeito Eudes Ribeiro; da Coordenadora do CRAS, Eudiná Ribeiro; da Secretária de Cultura, Conceição Alves; do Coordenador Geral do Município, Izalberto Luz; do Diretor do Hospital, Dr. Daniel Bezerra; da Agente de Desenvolvimento, Maria do Carmo Andrade; Coordenadores de Programas do CRAS; da Coordenadora do CAPS, Sandy Sousa; da Coordenadora de Planejamento e Administração da Secretaria de Educação, Fabiana Teixeira; da Gerente da 16ª GRE, Nazaré Antão; da Coordenadora Pedagógica das Escolas do Campo, Crislayde Sousa; das Equipes Gestoras das Escolas Municipais; dos representantes dos Agentes Comunitários de Saúde e representantes da Igreja Católica e da Igreja Assembleia de Deus.

VEJA MAIS IMAGENS!

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp