Segunda, 18 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

31°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Piauí Piauí
14/10/2021 09h12
Por: Bruna Dias

Piauienses podem negociar débitos de energia até dia 30 de outubro

A Equatorial Piauí segue até o dia 30 de outubro com a campanha de negociação de dívidas para clientes residenciais. A negociação é realizada de maneira facilitada, conforme o perfil da dívida e a quantidade de faturas em atraso. O cliente tem a possibilidade de quitar a dívida à vista ou parcelada em até 12 vezes.

"A campanha vem em um momento importante, pois estamos vivendo um período em que as pessoas ainda têm muita dificuldade financeira. Daí a necessidade de trazer de volta a campanha de negociação de dívidas. Essa ação é exclusivamente para clientes residenciais, em especial para os de baixa renda, que ao longo do período de pandemia, não tiveram muitas vezes a condição de pagar e não poderiam ser desligados. Agora, com a mudança da resolução da ANEEL, essas pessoas poderão ser desligadas por falta de pagamento. Assim, garantimos condições especiais para a quitação dos débitos", ressalta o Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Piauí, Luiz Carlos Cardoso.

Divulgação/Ascom
Divulgação/Ascom

O consumidor pode efetuar o pagamento da dívida por meio do site www.equatorialenergia.com.br, na opção "pagar com cartão", modalidade que permite parcelar débitos no cartão de crédito, com a isenção de juros, multas e correção (haverá cobrança da taxa do cartão). Ainda no conforto de casa, o consumidor pode realizar acordo por meio da Central de Negociação, ligando para o 0800 729 2058.

Continua depois da publicidade

Presencialmente também é possível negociar. Nas agências atendimento e postos credenciados da Equatorial Piauí, o titular da conta deve levar seus documentos pessoais, a conta de energia e o cartão de crédito/débito, caso queira utilizar essa modalidade de pagamento.

Fonte: Ascom
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp