Segunda, 19 de novembro de 2018
(86) 99915-1055
Desk Propaganda
Saúde - Vírus

Postada em 09/05/2018 ás 14h53 - atualizada em 10/05/2018 ás 08h37

Publicada por: Redação

Saiba a diferença entre gripe comum e influenza H1N1
O médico infectologista Carlos Henrique Nery explica o que é cada caso.
Saiba a diferença entre gripe comum e influenza H1N1

Foto: Reprodução

Você sabe a diferença entre a gripe comum e a Influenza H1N1? O médico infectologista Carlos Henrique Nery explica o que é cada caso. 

"É um vírus que causa infecção respiratória e propaga-se rapidamente", explica Carlos Henrique Costa. “Influenza é gripe, denominado um vírus especificamente. Gripe é um conjunto de sintomas que se chama sintoma gripal. O vírus da influenza é uma das causas da síndrome gripal”, explicou o médico. 

Diferenças

Influenza H1N1:

   • febre com mais de 39º e início súbito;

• dor de cabeça intensa;

• calafrios frequentes;   

• cansaço extremo e falta de ar;

• tosse contínua e seca;

• dores musculares intensas;

• ardência nos olhos intensa;

• dor de garganta leve;

• catarro pouco comum 

Gripe comum: 

• febre moderada, que não chega aos 39º;

• dor de cabeça moderada;

 • calafrios esporádicos;  

• cansaço moderado;

• dores de garganta intensas;

• tosse moderada;

• catarro forte com congestão nasal;

• dores musculares moderadas;

• ardência nos olhos leve.

O que é Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag)?

“É uma gripe grave, literalmente. É uma síndrome clínica que é mais grave. A pessoa fica cansada, tem febre alta, a pessoa pode ter um colapso da circulação, a pressão cai muito. Tem alteração, infecção de outros órgãos. É uma gripe grave, causada pelos mesmos agentes da gripe e o vírus da influenza é um deles. H1N1, H2N3 e outros vírus podem causar essa síndrome, que é a evolução de um quadro mais grave”, explica Carlos Henrique.

H1N1 pode matar?

“H1N1 pode matar sim. Particularmente, as pessoas mais vulneráveis, que são as criancinhas pequenas; idosos, com mais de 60 anos; gestantes; puérperas e pessoas com co-morbidade, que tenham outras doenças: diabetes, doenças do pulmão, do coração, infecção pelo HIV, câncer. Esses grupos podem aumentar a probabilidade de morrer, porque são pessoas que têm chance maior de ter uma doença mais séria que os demais”, comenta o médico.

Como H1N1 é transmitido?

Acredita-se que o H1N1 possa ser transmitido da mesma maneira pela qual se transmite a gripe comum. Os vírus da influenza se disseminam de pessoa para pessoa, especialmente por meio de tosse ou espirros das pessoas infectadas. Algumas vezes, elas podem se infectar tocando objetos que estão contaminados com os vírus da influenza e depois tocando a boca ou o nariz.

Algumas medidas simples a se tomar

“Lavar as mãos, principalmente. Se estiver tossindo, use o álcool gel. Pegou na maçaneta, passa a mão no álcool gel. São cuidados fundamentais que a pessoa deve ter”, diz Nery.

Fonte: CCOM

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Cabeceiras do Piauí Por Francisco Rocha

Caminhão carregado de sal pega fogo na PI 113, entre Barras e Cabeceiras

Joaquim Pires-PI Por João Victor

Prefeitura de Joaquim Pires realiza obras na zona rural

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Inaugurado mais um Parque de Vaquejada em Beneditinos

Valença Por Thiago Maciel

Prefeita Ceiça Dias promove festa para crianças na localidade Izidória

Coronel José Dias Por R10 municípios

Prefeitura realiza reparos e manutenção do sangrador da Barragem

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium