Domingo, 23 de Janeiro de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

31°

24° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Piauí Educação
10/11/2021 17h12
Por: Marina Sousa

Deputados do Piauí prestam homenagem aos 100 anos de Paulo Freire

Deputados do Piauí realizaram nesta quarta-feira (10) uma homenagem aos 100 anos do educador Paulo Freire.  A solenidade aconteceu no plenário da Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI)

No dia 19 de setembro de 1921, há 100 anos, nascia em Recife aquele que se tornaria um dos mais notáveis educadores e pesquisadores da história da pedagogia mundial: Paulo Reglus Neves Freire. O professor pernambucano acreditava na educação como ferramenta de transformação social, como forma de reconhecer e reivindicar direitos.

Deputados do Piauí prestam homenagem aos 100 anos de Paulo Freire

Paulo Freire foi pioneiro ao pensar e propor um método pedagógico voltado para a realidade brasileira, lembrou o deputado Francisco Limma (PT), propositor de sessão solene em homenagem a Paulo Freire.

Continua depois da publicidade

De acordo com Francisco Limma, o evento teve como finalidade manter viva a memória e o legado de um brasileiro que fez história defendendo a conscientização como objetivo maior da educação, criando um método peculiar, não apenas de alfabetização, mas de formação do cidadão como ser social consciente da sua realidade e da capacidade de mudar a própria história.

O parlamentar lamentou os ataques direcionados a Paulo Freire desferidos pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que defendeu, em seu plano de governo, "expurgar a filosofia freiriana das escolas”, antes de ser impedido pela justiça de atentar contra a dignidade de Paulo Freire. Limma criticou também os cortes do atual governo federal no orçamento destinado à educação e ciência.

"Só aqueles que não compreendem a educação não como direito, mas como privilégio, podem atacar Paulo Freire. Os ataques revelam que o dilema entre direito e privilégio não está resolvido em nosso país", afirmou a representante do Instituto Paulo Freire, professora Selma Rocha, que participou da solenidade de forma remota. Ela destacou o reconhecimento do trabalho do educador em âmbito mundial, sendo considerado um dos maiores pensadores do século XX.

Entre os componentes da mesa da sessão solene em homenagem a Paulo Freire, estava a governadora em exercício, Regina Sousa. “Tenho o maior orgulho de ter tido a oportunidade de conhecê-lo. Em duas vezes, fazendo palestras belíssimas que a gente ficava querendo que não acabassem”, afirmou a governadora. Ela também criticou as pessoas que atacam o pensador brasileiro.

Outras figuras ligadas à gestão da educação no Piauí compuseram a mesa. Carlos Alberto Pereira da Silva, superintendente na Secretaria de Educação do Estado, Evandro Alberto, reitor da Universidade Estadual do Piauí e Eliana de Sousa, diretora do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal do Piauí se manifestaram sobre os escritos de Paulo Freire. Todos destacaram a defesa do educador por uma educação humanizada, popular e que ensinava por meio do cotidiano e da prática.

Organizações sociais também estiveram presentes na sessão solene. Adilson Apaim, coordenador da setorial de educação do Piauí do Movimento Sem Terra, e Antônio José Medeiros, ex-secretário de educação e atual presidente do Instituto Presente, reforçaram os elogios ao pensamento de Paulo Freire por destacar uma educação que busca a ação. A importância da alfabetização para o pensador, a ligação entre sua obra e sua biografia e o processo de ser um educador com o povo são outras marcas deixadas por Paulo Freire para a educação mundial.

Além dos membros da mesa, vários deputados acompanharam a sessão solene. Entre eles estavam Francisco Costa (PT), Nerinho (PTB), Severo Eulálio (MDB), Elisângela Moura (PC do B) e Cícero Magalhães (PT).

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp