Terça, 24 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

30°

22° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Brasil Em MG
16/11/2021 15h32
Por: Marina Sousa

Homem estupra vizinha horas antes de se casar e diz que era 'despedida'

Horas depois de se casar no cartório e pouco antes da cerimônia religiosa, um homem de 38 anos estuprou a vizinha de 23 anos e disse que queria uma espécie de “despedida”. O caso aconteceu em Governador Valadares, no Rio Doce, no último domingo (14). 

A vítima contou em boletim de ocorrência que teve a casa invadida pelo suspeito e que pulou o muro com uma faca. Ele exigiu que ela entregasse o telefone para ele e que ficasse calada. 

Imagem: Getty Images
Imagem: Getty Images

O homem ainda disse que estava lá para matá-la e matar as filhas dela. O suspeito falou que iria se casar naquele dia e que queria uma despedida. Ele levou a mulher para a sala da casa e disse que queria fazer sexo anal com ela. 

Continua depois da publicidade

Depois ele tirou um pino semelhante a cocaína e fez o uso da droga. O suspeito estuprou a mulher e, após cometer o crime, foi nú até o quarto das filhas dela de 2 e 4 anos e ameaçou as crianças com uma faca. 

As meninas começaram a gritar e a mãe delas fechou a porta do quarto. A mulher disse que o homem foi embora da casa ainda a ameaçando de morte caso ela denunciasse o crime. Disse ainda que era envolvido com tráfico de drogas e homicídio. 

A mulher identificou que o estuprador morava na rua dela. Ao chegar na casa, o homem não estava, mas a mulher dele, disse que eles se casaram no cartório no sábado (13) e que se casariam na igreja no domingo, porém o suspeito tinha saído para comprar leite e não retornou para casa. 

A vítima foi levada ao hospital e o homem não foi mais encontrado. Ele já tem passagem por estupro em abril do ano passado. A ocorrência foi repassada para a Polícia Civil para investigações.

Fonte: O tempo
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp