Terça, 07 de Dezembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

31°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Suspeito no hospital
19/11/2021 11h27
Por: Francine Dutra

Menina de 11 anos é morta com 20 facadas após ser estuprada pelo tio em casa

Uma menina de 11 anos morreu com cerca de 20 facadas logo após ser estuprada dentro de casa em Eirunepé (AM), a 1.160 quilômetros de Manaus, nesta quarta-feira. Segundo a Polícia Civil do Amazonas, o autor do crime, tio da criança, tentou cometer suicídio com três golpes de faca contra o peito. O homem de 28 anos morava com a vítima e a mãe dela.

Ele e a menina foram encontrados por vizinhos que ouviram os gritos e foram socorridos, mas a menina não resistiu aos ferimentos e morreu. O autor encontra-se num hospital, onde é mantido sob custódia. O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Polícia (DEP) como estupro de vulnerável e feminicídio.

Foto: Divulgação / Polícia Civil do Amazonas
Foto: Divulgação / Polícia Civil do Amazonas

De acordo com Gonzaga Rezende, gestor da DEP, o crime ocorreu por volta das 11h30, investigadores constataram que os abusos sexuais já vinham sendo praticado há algum tempo.

Continua depois da publicidade

"Durante o ato libidinoso, a adolescente ameaçou denunciar aos familiares, momento em que foi atingida por um golpe de faca no pescoço e 20 em outras partes do corpo. Após cometer o crime, o homem tentou contra a própria vida, desferindo três golpes de faca contra o próprio peito", disse Gonzaga, em comunicado. "Duas vizinhas ouviram os gritos da adolescente no momento em que ocorreu o crime de feminicídio, momentos depois, ouviram os gritos do autor ao desferir as facadas contra o próprio peito, e, ao entrarem no imóvel, presenciaram o fato".

Ao receber alta, o preso será encaminhado para a carceragem da delegacia, onde permanecerá custodiado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: O Globo
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp