Sábado, 22 de Janeiro de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

26°

24° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 municípios
R10 municípios Redação do Portal R10 / Equipe R10 Municípios
Cidades Saúde do Homem
29/11/2021 17h21
Por: Marina Sousa

SESAM promove Dia D do Novembro Azul com palestras e realização de exames de PSA

A Prefeitura Municipal de Piripiri, por meio da Secretaria de Saúde do Município (SESAM), realizou, no último sábado (27/11), o “Dia D” da campanha Novembro Azul, focada na saúde do homem. Foram realizados 442 exames de PSA, em homens entre 45 e 50 anos, nas quadras de esporte Pedro Evangelista de Sousa “Pedro Velho”, zona Leste, e Corina Silva, no bairro Estação, zona Oeste da cidade.

Segundo o secretário da SESAM, Gabriel Mauriz, a prevenção faz parte da saúde pública e que é preciso assegurar a promoção e prevenção. “Além dos exames estamos fazendo a conscientização, mostrando quais são os sinais e sintomas do câncer de próstata, destacamos também o câncer de pênis, que muitas vezes fica de lado e é algo que não falamos muito, mas é um tipo de câncer que tem crescido e, como digo nas minhas palestras, é um câncer que se previne com água e sabão”, pontua o gestor.

SESAM promove Dia D do Novembro Azul com palestras e realização de exames de PSA

“Já o câncer de próstata, se evita com o que estamos fazendo hoje (27/11), orientando sinais e sintomas, fazendo exame de PSA, para nós termos o acompanhamento de toda a população masculina”, explica Gabriel Mauriz, acrescentando que “o carro chefe da gestão Piripiri Terra Querida é a promoção e a prevenção que é muito melhor que a reabilitação”.

Continua depois da publicidade

De acordo com o coordenador do Laboratório Municipal de Piripiri, Isaac Bruno Melo, o exame de PSA (Antígeno Prostático Específico) é usado principalmente para rastreamento do câncer de próstata e prostatite (inflamação na próstata). “Vamos buscar quais pacientes estão com alguma alteração e, assim, pode fazer um melhor acompanhamento e tratamento possível”, afirma.

Isaac Bruno disse que a ação englobou todas as Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) do município. ”Elas foram orientadas para que encaminhassem os pacientes do sexo masculino, entre 45 e 50 anos, que tenham histórico familiar da doença e a partir de 50 anos que não tenham esse histórico de câncer de próstata na família para realizarem esse exame”, explica o coordenador.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp