Domingo, 16 de Janeiro de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

27°

23° 30°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Teresina Teresina
02/12/2021 10h35 Atualizada há 1 mês
Por: Bruna Dias

Polícia investiga derrame de chorume no rio Parnaíba em Teresina

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente investiga o despejo ilegal de chorume em uma lagoa na estação de tratamento de esgoto do bairro Pirajá, na zona norte de Teresina. A denúncia foi feita pelo ambientalista Dionísio Carvalho.

A ETA deveria ser usada para tratamento apenas de resíduos domiciliares. O Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente deve ser encaminhado para o Ministério Público Federal.

Reprodução
Reprodução

Segundo o delegado Emir Maia, que está a frente da investigação, o chorume é oriundo do estado do Pará. "Nós acionamos o BPA, fomos ao local e lá constatamos o descarte. Ocorre que, acionado o corpo jurídico da águas de Teresina, nos disseram que a empresa teria autorização da Semar. Resolvemos então instaurar procedimento e não fazer a prisão em flagrante. Durante esses últimos dias, já contactamos o pessoal da Semar, recebemos autorização condicionante ao recebimento apenas a alguns metais pesados e outros não. Esses outros foram detectados no laudo particular produzido pelo Dionísio, como por exemplo o cobre, a banha. O que nos chama atenção é que esse chorume deveria estar sendo descartado num aterro sanitário. Segundo informações do motorista, já é a 8ª vez que ele vem a cidade de Teresina trazendo esse chorume. Estamos investigando, pedimos a suspensão do descarte do chorume nessa estação de tratamento do Pirajá", explicou o delegado. 

Continua depois da publicidade

A Águas de Teresina informou que o derramamento está conforme as taxas permitidas e atua dentro das normas legais de operação.

Veja a nota:

A Águas de Teresina esclarece que atua dentro das normas legais e contratuais vigentes e que todos os seus sistemas operacionais se encontram legalizados e licenciados. 

O chorume é um resíduo proveniente do lixo, sendo que uma das formas de tratamento é o tratamento biológico, realizado em estações em baixos percentuais. A ETE Pirajá tem autorização e capacidade para receber e tratar chorume na proporção de até 1% em relação à vazão de esgoto sanitário, com licença emitida pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMAR) e validada Agência Reguladora de Serviços Públicos de Teresina (ARSETE). 

A Águas de Teresina reforça que o processo não prejudica o meio ambiente e está à disposição dos órgãos competentes para prestar as informações necessárias. A empresa realiza controle rigoroso no tratamento do material recebido, com análises sistemáticas na entrada e saída dos efluentes, cujos parâmetros atendem integralmente as normas vigentes. É importante reforçar que as análises precisam seguir um rigoroso protocolo durante a sua execução, considerando locais de coleta e laboratórios acreditados para não apresentar distorções ou laudos inconclusivos. 

A concessionária reafirma o pleno atendimento à legislação vigente para o atendimento ao serviço que é prática comum em várias cidades brasileiras, bem como reforça seu compromisso com a preservação ambiental e as legislações em âmbito nacional, estadual e municipal em toda a sua cadeia de coleta, tratamento e destinação do esgoto.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp