Terça, 22 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

26°

22° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Teresina Gripe
15/05/2018 15h04 Atualizada há 3 anos
Por: Bruna Sampaio

FMS confirma segunda morte por H1N1 em Teresina

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Fundação Municipal de Saúde confirmou nesta terça-feira a segunda morte por H1N1 em Teresina. Segundo nota,  tinha por volta de 50 anos, era diabética, cardiopata e pneumopata. A FMS informou ainda que outros três casos estão sendo investigados no momento.

A primeira morte por H1N1 em Teresina foi de um motorista de iniciais F.L.S, 52 anos. Ele se recusou a ficar internado na primeira ida ao hospital, quando apresentou os sintomas, e quando retornou, já estava em estado gravíssimo. 

Veja a nota da FMS na íntegra:

Continua depois da publicidade

A Fundação Municipal de Saúde divulga hoje (15) novo boletim de dados dos casos de Gripe A cepa H1N1 em Teresina. Desde janeiro de 2018, foram confirmados 28 casos de síndrome respiratória aguda grave (casos com necessidade de internação e notificação compulsória) e 18 casos de Síndrome Gripal (casos sem compicações) positivos para h1n1, totalizando 46 casos.

Foram registrados até o momento dois óbitos em decorrência de síndrome respiratória aguda grave pelo vírus H1N1, sendo o segundo caso com uma mulher que faleceu em um hospital no começo do mês. Ela tinha por volta de 50 anos, era diabética, cardiopata e pneumopata. Outros três casos estão sendo investigados no momento.

Vale ressaltar que os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, de notificação compulsória, acontecem entre pessoas com comorbidades, o público alvo da campanha de vacinação. Na rede pública, a vacina contra a gripe está disponível somente para os indivíduos com 60 anos ou mais de idade, as crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade, as gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. Teresina aguarda nova remessa de vacinas que serão enviadas pelo Ministério da Saúde, responsável pelo fornecimento das doses.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp