Sábado, 22 de Janeiro de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

24°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Brasil Brasil
03/01/2022 08h29
Por: Bruna Dias

Após surtos de Covid, Anvisa pede suspensão de cruzeiros

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um comunicado contraindicando o embarque de passageiros que possuem viagens programadas em navios de cruzeiro para os próximos dias, após o aumento de casos de Covid-19 com identificação de surtos a bordo das embarcações que operam no país. A agência reguladora também reforçou a urgência da imediata interrupção da temporada de navios de cruzeiro no Brasil. 

A recomendação da Anvisa, segundo emitido em comunicado, leva em consideração a mudança rápida no cenário epidemiológico, o risco de prejuízos à saúde dos passageiros e a imprevisibilidade das operações neste momento.

Foto: Matheus Croce/g1
Foto: Matheus Croce/g1

Situação dos navios

Continua depois da publicidade

Segundo a Anvisa, há atualmente cinco navios de cruzeiro operando em águas brasileiras.

O Costa Diadema teve a operação interrompida na sexta-feira (30). A Anvisa determinou que o navio seguisse para Santos e fizesse o desembarque de todos os passageiros. Somente pessoas com teste positivo ou residentes locais puderam desembarcar no porto de Salvador, onde estava a embarcação. O navio está no nível 4 do cenário epidemiológico, o que impede a operação.

O navio MSC Preziosa atracou na manhã deste domingo no Porto de Rio de Janeiro. O desembarque dos passageiros foi iniciado após avaliação das autoridades de saúde da situação epidemiológica a bordo. A embarcação está no nível 3 do cenário epidemiológico. De acordo com essa avaliação, os novos embarques neste domingo (2) foram autorizados.

Já o Costa Fascinosa e o MSC Seasideseguem operando e no nível 3 do cenário epidemiológico, mas, segundo a Anvisa, a mudança deste cenário pode impedir novos embarques e levar ao encerramento dos cruzeiros.

Fonte: G1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp