Segunda, 27 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

23°

21° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Curiosidades
Curiosidades
Coluna de notícias curiosas.
Geral Geral
11/01/2022 15h11
Por: Bruna Dias

Asteroide maior que o Corcovado se aproximará da Terra na próxima semana

Um asteroide maior que o Corcovado está se aproximando da Terra. Mas ao contrário do filme sucesso do Netflix “Não Olhe Para Cima”, este não está vindo em direção da Terra. No próximo dia 18 ocorrerá a aproximação máxima, porém será invisível a olho nu.

Segundo a União Astronômica Internacional, o mesmo é categorizado como um Asteroide Potencialmente Perigoso (PHA, Potentially Hazardous Asteroid), mesmo sem chance de impacto com a Terra. Um PHA se aproxima do planeta em menos de 7,5 milhões de km e possui um diâmetro maior que 140 metros. Assim, o asteroide em questão, possui cerca de 1 km de diâmetro e estará a pouco menos de 2 milhões de km da Terra.

Crédito: Reprodução/NASA
Crédito: Reprodução/NASA

Além disso, o seu brilho corresponde ao valor 10 na escala de magnitude e, segundo cálculos, é maior que o Corcovado. Ainda assim, para observá-lo, será necessário um bom telescópio. Na região de Brasília ele aparecerá perto das 19h45, do dia 18, sumindo na madrugada.

Continua depois da publicidade

Não é a primeira vez que o asteroide se aproxima da Terra, já que foi identificado no observatório da Austrália em 1994. De acordo com a análise da órbita, o corpo celeste já esteve próximo de nós em 1,1 milhões de km na década de 30.

Nomeado como (7482) 1994 PC1, o mesmo completa a volta ao redor do Sol a cada 572 dias e parte do Grupo Apollo, uma vez que sua órbita está próxima da Terra.

Assim como outros asteroides potencialmente perigosos, o (7482) 1994 PC1 será constantemente monitorado para acompanhar possíveis mudanças na sua trajetória. Uma vez que qualquer modificação na órbita desse asteroide sugere risco, devido ao seu tamanho e a sua proximidade com o planeta.

Fonte: Istoé
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp