Sábado, 22 de Janeiro de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

24°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Blog do Lucão
Blog do Lucão Fique por dentro de tudo que acontece na região.
Cidades Saúde/Timon
13/01/2022 06h37 Atualizada há 1 semana
Por: Blog do Lucão

Janeiro Branco: Saiba onde procurar apoio psicológico em Timon

O mês de janeiro é marcado pela expectativa de uma nova etapa na vida de muitas pessoas. O começo de um novo ciclo pode gerar transtornos como crises depressivas e de ansiedade. Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), o Brasil é o país mais ansioso do mundo (9,3%) e o segundo maior das Américas em depressão (5,8%).

Diante do surgimento de tantos casos de transtornos psíquicos, o primeiro mês do ano foi escolhido para a campanha Janeiro Branco, que tem o objetivo de conscientizar as pessoas em relação à importância de cuidados com a saúde mental.

Janeiro Branco: Saiba onde procurar apoio psicológico em Timon

O município de Timon conta com acompanhamento psicológico para pacientes com transtorno mental no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) adulto, para pessoas a partir de 18 anos de idade com problemas psicológicos graves e severos. Os atendimentos são feitos de segunda a sexta-feira, nos turnos manhã e tarde.

Uma equipe multiprofissional presta atendimentos psicológicos no CAPS AD para pacientes com transtornos mentais ocasionados pela dependência química, provocada pelo uso de álcool e outras drogas, com funcionamento de segunda a sexta-feira, nos turnos manhã e tarde.

Também é oferecido atendimento na área da saúde mental para o público de menor idade no CAPS infanto-juvenil, de segunda a sexta-feira pela manhã e à tarde.

A rede de atendimento contempla ainda o ambulatório de saúde mental que funciona na Policlínica e oferece acompanhamento psicológico aos pacientes com transtornos leves, de segunda a sexta, nos dois turnos. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos bairros oferecem o primeiro atendimento e fazem os encaminhamentos necessários aos pacientes. 

“Para nós da rede de atendimento em saúde mental do município o mês de janeiro é bastante simbólico. Estamos preparando uma programação de eventos para reforçar a mensagem de conscientização. Cuidar da mente é cuidar bem da vida”, explicou Laiana Sousa, coordenadora de saúde mental do município.

PUBLICIDADE:

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp