Quarta, 26 de Janeiro de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

24°

24° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Big Brother Brasil
Big Brother Brasil
Saiba tudo que acontece na casa mais vigiada do Brasil.
Entretenimento Grupo Pipoca
14/01/2022 16h14
Por: Marina Sousa

Jessilane é a 3ª confirmada participante do BBB22; conheça!

É difícil não reparar quando Jessilane chega em algum lugar. Expansiva, a professora de Biologia, de 26 anos, fala alto e não faz cerimônia para contar as histórias de sua vida.

Natural de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, ela nasceu na cidade natal da mãe, mas se mudou para Valparaíso de Goiás ainda criança e é lá que vive até hoje.

Reprodução/Globo
Reprodução/Globo

Agora, não consegue segurar a euforia por ser uma das integrantes da Pipoca do BBB22. Jessi, como é chamada pelos amigos e familiares, diz que sua vida sempre foi feita de perrengues.

Continua depois da publicidade

“Quando minha irmã e eu éramos crianças, teve situação de comermos feijão com farinha. Minha mãe fazia as bolinhas e dava para a gente. Ela nunca nos deixou passar fome, mas aconteceu de ter muito pouco para comer”, recorda.

Na batalha desde cedo!

Sagitariana independente, começou cedo a correr atrás de seu próprio dinheiro. Aos 12 anos, disse que queria trabalhar e já ajudava no salão de beleza da mãe.

“Lavava cabelo e ganhava R$ 20 por fim de semana”, conta.

Aos 14, conseguiu seu primeiro emprego de carteira assinada, como jovem aprendiz em uma loja de departamentos.

“Minha mãe sempre foi muito preocupada com a educação e obrigava a gente a estudar, mas eu queria ter as minhas coisas e, se pedisse algo que ela não podia me dar, já era motivo de caos. Então, falava que ia trabalhar para ter meu dinheiro.”

E ela ralou muito para juntar seus trocados! Jessi é daquelas que topa qualquer parada para fazer uma grana extra:

“Já trabalhei com tudo nessa vida! Entreguei perfume no shopping, fui caixa de supermercado, vendi curso de informática, de inglês, trabalhei no Ministério Público como estagiária... Nossa, tanta coisa!”, enumera.

Aluna exemplar, professora rígida

Mas a preocupação de Dona Cleudete com a educação das filhas também teve resultado.

Aluna de escola pública por toda a vida, Jessi fez faculdade e mestrado em Biologia e, há cinco anos, trabalha como professora dos ensinos Fundamental e Médio, dando aulas para adolescentes entre 14 e 17 anos.

Ela também tem pós-graduação em Libras e conta que o interesse pela língua dos sinais veio justamente da vontade de conseguir se comunicar com todos, sem exceção.

“Quando estava no Ensino Médio, cinco alunos na minha turma eram surdos e eu ficava muito chateada porque queria conversar com eles, mas não sabia falar”, relembra.

Com as filhas formadas, foi a vez da mãe voltar para a escola. Professora rígida, Jessi não dá moleza nem para Dona Cleu, que hoje está no primeiro ano do Ensino Médio.

Inimiga do fim?

Fonte: Gshow
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp