Quarta, 18 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

26°

22° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Blog do Lucão
Blog do Lucão Fique por dentro de tudo que acontece na região.
Cidades Policial
21/01/2022 14h06 Atualizada há 4 meses
Por: Blog do Lucão

'Maguim' é preso acusado de matar a companheira adolescente de 16 anos no MA

Um homem de iniciais J.C.C.M., conhecido como Netinho Melo, o 'Maguin', de 23 anos, foi preso por suspeita de matar uma adolescente de 16 anos, no Piancó, na região da Vila Embratel, em São Luís.

A vítima, que seria companheira dele, morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga, na manhã de quarta-feira (19).

'Maguim' é preso acusado de matar a companheira adolescente de 16 anos no MA

Monitorado

De acordo com a polícia, o suspeito já possui ficha criminal, e usava tornozeleira eletrônica no momento da prisão.

Tentativa de Fuga

Ao perceber a presença policial, o homem ainda tentou fugir, pulando por vários muros da vizinhança, mas foi capturado.

DHPP

O suspeito foi conduzido e apresentado na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

Overdose?

Após a morte da adolescente, 'Maguin' escreveu nas redes sociais: “Gente todo mundo tá falando que eu matei minha mulher. Eu não matei. Ela morreu de overdose. As pessoas que estão me julgando sem saber”.

Em grupos de WhatsApp, conhecidos do casal relatam que ela teria chegado em casa com suspeita de overdose e, descontrolada, passou a quebrar as coisas. O suspeito teria dominado a adolescente, que caiu e bateu a cabeça no chão. 

O crime

A adolescente identificada pelas iniciais M. C. C. F., de 16 anos, morreu nessa quarta-feira (19), no Residencial Piancó, localizado na região da Vila Embratel, em São Luís.

A vítima, segundo a polícia, chegou a dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga, mas não resistiu.

Acusação de espancamento

A suspeita principal é de que ela tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória. Porém, por meio das redes sociais, algumas pessoas que conheciam a adolescente disseram que ela teria sido agredida até a morte pelo companheiro.

Lesões no Corpo

Segundo o delegado Felipe César, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), como o corpo da adolescente apresentava algumas lesões, o que pode caracterizar que ela tenha sofrido algum tipo de violência, ainda não foi possível definir a causa da morte.

Laudo apontará a 'causa mortis'

“Quem irá dizer, realmente, o que aconteceu será o laudo do Instituto Médico Legal”, explicou o delegado.

PUBLICIDADE:

Fonte: Gilberto Lima
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp