Domingo, 22 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

31°

23° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes
Esportes
Tudo sobre esportes no Piauí, Brasil e no Mundo.
Esportes Esportes
31/01/2022 10h08
Por: Bruna Dias

Joogador do United é detido após namorada denunciar agressão e estupro

O jogador de futebol inglês Mason Greenwood foi detido pela polícia inglesa e passou a noite domingo prestando depoimento sobre o suposto caso de estupro, agressão e abuso à ex-namorada Harriet Robson, de 18 anos, que divulgou imagens e áudios chocantes que provariam o crime, ocorrido em 22 de outubro de 2021. De acordo com o Daily Mail, ele permanece sob custódia até a manhã desta segunda.

O atacante, de 20 anos, foi oficialmente afastado da equipe do Manchester United, com quem tem contrato até 2025. O escândalo se deu após a postagens que mostram a jovem modelo ensanguentada e machucada. Além disso, ela divulgou uma gravação de voz de uma conversa entre um homem e uma mulher, datada de outubro do ano passado, que supostamente narrava a mulher sendo atacada.

Foto: Instagram
Foto: Instagram

As publicações viralizaram e, momentos depois, o clube de Mason emitiu um comunicado dizendo que estava ciente das acusações e que estavam fazendo investigações "para estabelecer todas as circunstâncias". Durante o dia, vários companheiros de equipe e de esporte deixaram de seguir Greenwood nas redes sociais. Harriet prestou depoimento a policiais à paisana na casa de sua família na tarde de ontem.

Continua depois da publicidade

Um porta-voz da polícia da região metropolitana de Manchester disse que eles iniciaram uma investigação depois de serem “conscientes de imagens e vídeos de mídia social online postados por uma mulher relatando incidentes de violência física”. “Após investigações, podemos confirmar que um homem de 20 anos foi preso por suspeita de estupro e agressão. Ele permanece detido para interrogatório. As investigações estão em andamento", continuou.

Policiais também foram à mansão do jogador, que recebe salário de cerca de 2,1 milhões de reais, em busca de provas. Com a prisão confirmada, o Manchester afirmou que Mason "não voltará a treinar ou jogar até novo aviso". Empresas de materiais esportivos também estão à espera de novas informações para tomarem providências em relação aos seus contratos com o jogador.

Fonte: Monet
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp