Segunda, 16 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

30°

23° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Eleições 2022
Eleições 2022
Tudo sobre as eleições municipais no Piauí.
Política Política
29/03/2022 07h58
Por: Bruna Dias

Eleições 2022: Saiba os ministros que deixarão o governo para se candidatar

Os ministros do governo que vão se candidatar nas eleições de outubro de 2022 têm até 2 de abril para deixarem os cargos.

Saiba quais ministros do Executivo que já tiveram a saída anunciada:

Os ministros que vão se candidatar nas eleições de outubro têm até 2 de abril para deixarem os cargos (Crédito: Alan Santos / PR)
Os ministros que vão se candidatar nas eleições de outubro têm até 2 de abril para deixarem os cargos (Crédito: Alan Santos / PR)

Marcos Pontes

Continua depois da publicidade

Paulo Alvim, secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, vai assumir a pasta no lugar no ministro Marcos Pontes. O astronauta deixa o cargo para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados pelo Partido Liberal (PL). Pontes disse que a decisão já foi acertada com o presidente Jair Bolsonaro.

“Eu já conversei com o presidente e, na verdade, já está definido o nome. É o Paulo (Alvim), nosso secretário de Empreendedorismo e Inovação. Ele deve assumir aqui no meu lugar para esses seis meses. Acho que o cara tem todas as qualidades, mais de 40 anos de experiência no mercado de empreendedorismo. Ele conhece muito bem todos os projetos que a gente desenvolve no ministério”, disse Pontes ao jornal O Globo.

Damares Alves e Tarcísio Gomes de Freitas

A ministra da Mulher, da Família e Direitos Humanos, Damares Alves (Republicanos), também está de saída da pasta. Ela disse, nesta segunda-feira (28), que deixará o cargo até sexta-feira (1º).

Damares confirmou a filiação ao partido Republicanos, mas não disse se disputará as eleições de 2022. “Mas não sei se serei candidata e não sei onde serei candidata. Já tenho um partido e este é o primeiro grande passo”, disse a ministra ao jornal Correio Braziliense.

No mês passado, Damares deu sinal de que se candidataria ao Senado pelo Amapá, mas também citou Roraima, Sergipe e São Paulo.

A filiação de Damares ocorreu na noite desta segunda-feira (28), em Brasília, junto a filiação de Tarcísio Gomes de Freitas, ministro da Infraestrutura. Tarcísio pretende concorrer ao governo de São Paulo e, segundo o Uol, ele se despede do cargo no dia 31 de março.

João Roma

O ministro João Roma (PL), do Ministério da Cidadania, deixa a Esplanada dos Ministérios para disputar as eleições do governo da Bahia e Ronaldo Bento, chefe de Assuntos Estratégicos do ministério, será o seu substituto.

Tereza Cristina

A ministra Tereza Cristina (PP), da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), também deixa o governo para tentar o Senado pelo Mato Grosso do Sul.

Flávia Arruda

A ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda (PL) concorrerá ao Senado pelo Distrito Federal. Seu substituto pode ser Célio Faria, chefe de gabinete do presidente Jair Bolsonaro.

Mario Frias

O secretário nacional da Cultura, Mario Frias (PL), deve deixar o posto para buscar uma vaga de deputado federal por São Paulo.

Onyx Lorenzoni

Onyx Lorenzoni, do Trabalho e da Previdência, deixa o cargo para concorrer ao governo do Rio Grande do Sul.

Gilson Machado 

O ministro do Turismo, Gilson Machado, vai tentar o Senado por Pernambuco.

Rogério Marinho

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, vai concorrer ao Senado pelo Rio Grande do Norte.

Fonte: Istoé
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp