Quarta, 18 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

29°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Piauí Piauí
29/03/2022 16h16 Atualizada há 2 meses
Por: Bruna Dias

Homem é preso acusado de matar filho e manter família em cárcere privado

Nessa segunda-feira (28), policiais militares do GPM de Elesbão Veloso foram acionados por Conselheiros Tutelares, para a verificação de uma denúncia no bairro Matias, ocasião em que uma família era mantida em cárcere privado.

A equipe policial, conselheiros tutelares e servidores do CREAS foram até o local dos fatos e confirmaram a veracidade das denúncias.

Foto: Reprodução/GPM
Foto: Reprodução/GPM

Uma mulher de iniciais M.F.J (20), relatou que vivia em cárcere privado na companhia de seu filho de 02 (dois) anos e sua mãe idosa. Ela informou aos policiais que constantemente sofre ameaças e agressões do seu companheiro identificado por R.S.S, de 36 anos.

Continua depois da publicidade

Outro fato relatado pela vítima, diz respeito à morte recente do filho do casal, um bebê de apenas 07 (sete) meses. A mulher e sua mãe, de 61 anos, afirmam que o suspeito teria matado a criança por esta chorar muito.

Sendo que, logo após o ocorrido, o acusado teria ameaçado a companheira e a sogra, caso contassem a verdadeira causa da morte. Em razão dos fatos, a equipe policial iniciou as diligências para prender o suspeito dos crimes.

Ele foi foi localizado e preso por volta de 17h:30. Indagado sobre os fatos, afirmou que mantinha a família em cárcere privado por ter ciúmes de sua companheira e que seu filho de 02 anos tinha sido o autor da morte do bebê.

Durante consulta à documentação do suspeito, verificou-se que havia um mandado de prisão em aberto expedido pela 2ª Vara da Comarca de Presidente Dutra-MA, pelos crimes de cárcere privado, ameaça, lesão corporal e violência doméstica.

Devido ao exposto, R.S.S foi preso e apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Elesbão Veloso.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp