Terça, 28 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

26°

19° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Radar Político
Radar Político
Últimas notícias, entrevistas, reportagens e análises sobre o que acontece na política.
Brasil Deputada
04/05/2022 09h04 Atualizada há 2 meses
Por: Bruna Dias

Rejane Dias articula em Brasília aprovação do Piso da Enfermagem

A deputada federal Rejane Dias articula em Brasília a aprovação na íntegra do texto do Projeto de Lei 2564/20, do Senado, que institui piso salarial para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiras. O texto previsto para ser votado nesta quarta-feira, 04, altera a Lei 7.498/86, que trata do exercício da enfermagem.

Conforme a proposta, o valor mínimo inicial para os enfermeiros será de R$ 4.750, a ser pago nacionalmente pelos serviços de saúde públicos e privados. Nos demais casos, haverá proporcionalidade: 70% do piso dos enfermeiros para os técnicos de enfermagem; e 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras.

Foto: Presidente do Coren/PI, Antonio Neto, e presidente do Cofen, Betânia Santos.
Foto: Presidente do Coren/PI, Antonio Neto, e presidente do Cofen, Betânia Santos.

Em Brasília a parlamentar vem se articulando pela aprovação da proposta e conta com o apoio do Conselho Federal de Enfermagem. Ela esteve na sede do Conselho na última semana para endossar apoio pela aprovação, sem emendas, da matéria que chega ao Plenário nesta quarta.

Continua depois da publicidade

“Aprovar o Piso da Enfermagem é uma questão de justiça. Precisamos, sim, a partir de agora debater fontes de financiamento, mas a meta precisa começar hoje, agora, com a aprovação do Piso Nacional dos Enfermeiros”, disse.

Fonte: Ascom
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp