Segunda, 16 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

30°

23° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Professor Ricardo Ribeiro
Professor Ricardo Ribeiro
Professor, Pedagogo, Consultor Educacional e pedagógico, Coordenador de Ensino Digital, membro da Associação Brasileira de Educação a Distância. Apaixonado por Educação, Aprendizagem e Desenvolvimento pessoal.
Educação IRPF 2022
13/05/2022 10h56
Por: @profricardoribeiro

14 milhões de contribuintes ainda não declararam o Imposto de Renda

"Com o prazo de envio da declaração prorrogado, Estácio segue com atendimento gratuito para auxílio a cidadãos".

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2022 foi prorrogado para o dia 31 de maio e segundo a Receita Federal, foram recebidos pouco mais de 20 milhões de documentos, restando ainda 14 milhões de declarações, uma vez que a expectativa da Receita é receber pouco mais de 34 milhões de documentos.

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

O contador e professor do curso de Ciências Contábeis da Estácio, André Luís Costa Thomaz, destaca que a prorrogação representa um alívio para os contribuintes que ainda não conseguiram se organizar para cumprir com a obrigação, mas alerta que eles devem ficar atentos e evitar atrasar a entrega.

Continua depois da publicidade

- O ideal é que não se deixe a entrega para a última hora ou mesmo que evite perder o prazo, uma vez que a multa para esses casos varia entre R$ 165,74 no mínimo, e 20% do valor do imposto devido, no máximo. Além disso, quem deixar de entregar a declaração pode ter seu CPF (Cadastro de Pessoa Física) suspenso, explica o professor da Estácio, informando que estão obrigados a declarar quem teve ganhos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano passado ou rendimentos isentos e não tributáveis acima de R$ 40 mil.

Quem tem dúvidas sobre o preenchimento da declaração pode obter auxílio gratuito por meio do Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), localizado na Estácio. O NAF é um programa de cidadania fiscal da Receita Federal que estabelece uma parceria com instituições de ensino superior, unindo conhecimentos técnicos à prática contábil. Esses núcleos oferecem serviços contábeis e fiscais a pessoas físicas de baixa renda. De acordo com a Receita Federal, existem mais de 300 núcleos formalizados no Brasil e mais de 200 em 11 países da América Latina, inspirados no modelo brasileiro.   

Em Teresina, os atendimentos são feitos por estudantes do curso de Ciências Contábeis da Estácio e podem ser de forma presencial ou online. Os atendimentos presenciais acontecem na sede da Faculdade, que fica na Avenida dos Expedicionários, 790, São João. Segundo a coordenadora do Curso de Ciências Contábeis e do NAF da Estácio Teresina, professora Jaciara Silva, os atendimentos são realizados mediante agendamento prévio, através do QR-code ou pelo WhatsApp (86) 9 9951-2718. Os serviços ocorrem de acordo com as normas de segurança sanitária vigentes.

 Atendimento virtual

Também por meio remoto, os cidadãos de todo o país podem contar com diversos serviços digitais gratuitos oferecidos pela Estácio. Inaugurado pela Universidade, durante a pandemia, o Polo de Ensino Digital (EaD) da Estácio Tom Jobim também é conveniado à Receita Federal. Para buscar mais informações e solicitar os serviços, os interessados poderão enviar mensagens por meio do endereço eletrônico: [email protected].

“Durante estes atendimentos gratuitos, nossos alunos vivenciam a profissão que escolheram, colocam em prática os conceitos e normas contábeis e financeiras, de forma organizada, individual e humanizada. Por meio desta ação, eles adquirem uma vasta experiência e desenvolvem o papel do voluntariado como cidadão. Seguindo a premissa Educar para Transformar, nosso corpo discente aprende o quanto é importante executar ações sociais”, afirmam as professoras Renata Weiss, coordenadora nacional dos cursos de Gestão na Diretoria de Operações Digitais da Estácio, e Claudia Marchiotti, coordenadora do curso de Ciências Contábeis EaD da Estácio.

Fonte: Estácio de Teresina.
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp