Sábado, 21 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

28°

23° 30°

Teresina - PI

Últimas notícias
Saúde
Saúde
Encontre aqui notícias sobre saúde e bem-estar.
Saúde Saúde
13/05/2022 16h49
Por: Bruna Dias

Ministério da Saúde reduz quantidade de vacinas BCG enviadas ao Piauí

O Ministério da Saúde enviou aos estados uma nota técnica informando a disponibilidade limitada da vacina BCG no estoque nacional em razão de dificuldades na aquisição deste imunobiológico, devido a este problema haverá diminuição do quantitativo de doses dessa vacina a ser distribuída ao Piauí. 

Atenta dessa decisão, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), enviou uma nota técnica aos municípios informando da redução no quantitativo a ser recebido por cada cidade. “A previsão do ministério é de manter esta readequação pelos próximos sete meses. Diante disso pedimos o uso racional desta vacina por este período”, disse a Coordenadora de Imunização da Sesapi, Kássia Barros. 

Foto: iStock
Foto: iStock

A pasta ainda não sinalizou o quantitativo de cada estado, mas  reforçou a importância da alimentação oportuna dos sistemas de informação quanto ao registro das doses de vacina administradas e das perdas vacinais, para que  possam acompanhar e monitorar a vacinação nas pelos estados e realizar as adequações necessárias na reprogramação do envio das doses.

Continua depois da publicidade

 Até maio o Piauí recebeu do Plano Nacional de Imunização 93.240 doses da vacina BCG. “Este registro é importante também para apoiar, futuramente, o Ministério da Saúde na realização de um planejamento de compra mais próximo possível da necessidade real dos estados. Tão logo a situação do estoque nacional da vacina BCG seja regularizada, a SVS retomará a distribuição deste imunobiológico, conforme a solicitação dos estados”, pontua a coordenadora. 

A BCG protege contra a tuberculose, que é uma doença infecciosa com transmissão aérea. Assim como o coronavírus, também pode ser transmitida através do espirro, da fala ou da tosse de alguém contaminada e ativa. Daí a importância da vacinação logo cedo. Ela deve ser aplicada logo após o nascimento, ainda na maternidade.

Fonte: Sesapi
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp