Domingo, 08 de dezembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Política - Justiça Federal

Postada em 05/06/2018 ás 17h03

Publicada por: Redação

Lula critica 'denuncismo' e diz estar 'cansado de mentiras'
Ele depôs como testemunha de defesa do ex-governador Sérgio Cabral (MDB)
Lula critica 'denuncismo' e diz estar 'cansado de mentiras'

Foto: Reprodução

O ex-presidente Lula afirmou nesta terça-feira (5) em depoimento à Justiça Federal que o país vive um momento de "denuncismo" e que está "cansado de mentiras". Esta foi a primeira declaração pública do petista desde que foi preso há quase dois meses.

Ele depôs como testemunha de defesa do ex-governador Sérgio Cabral (MDB) na ação penal que apura suposto pagamento de propina a membros do COI (Comitê Olímpico Internacional) para a escolha do Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016.

"Lamento que venha uma denúncia de corrupção de delegado [do COI] oito anos depois. Não sei quem fez a denúncia, nem quero saber. Estamos vivendo no momento de denuncismo, em que muita gente", disse, antes de ser interrompido pelo juiz Marcelo Bretas.

Ao longo do depoimento, o magistrado evitou permitir que Lula fizesse discursos de ataque à Justiça. Logo no início do depoimento, Bretas fez o comunicado de praxe em que avisa testemunhas de que ela está obrigada a falar a verdade.

"Não acredito que haja um brasileiro mais em busca da verdade do que eu. Estou cansado de mentiras. Quero a verdade", disse ele, sendo interrompido pela primeira vez por Bretas.

O magistrado também prestou reverência ao ex-presidente ao fim do depoimento. Declarou que o petista era "uma pessoa importante para o Brasil" e comentou que esteve num comício de Lula na avenida presidente Vargas.

"Tinha 18, 19 anos e estava num comício na avenida Presidente Vargas com 1 milhão de pessoas. Estava lá, usando boné com o seu nome", disse Bretas.

"Quando fizer um novo comício, vou te chamar", respondeu Lula, para riso dos presentes à audiência.

Lula falou de dentro da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde está preso desde abril. O petista vestia o mesmo terno e gravata que utilizou no dia da vitória da cidade brasileira em Copenhague.

Minutos antes do depoimento, Lula procurou demonstrar bom humor. "Estou bonito hein. Essa gravata é da conquista das Olimpíadas", disse ele, ao se ver no vídeo.

"Carrego ela até ficar desmontada", disse o ex-presidente sobre a gravata verde, amarela e azul-marinho.

Antes do depoimento gravado, Lula pôde falar com Bretas. O juiz arriscou um chiste neste momento.

"Não fala mal de mim que eu estou ouvindo, hein."

"Eu sei. Estou com microfone aqui na frente", disse Lula.

O ex-governador Sérgio Cabral (MDB) assistiu pessoalmente ao depoimento. Antes do início da audiência, o emedebista pôde conversar rapidamente com o ex-presidente para prestar condolências pela morte de dona Marisa Letícia.

"Estava preso quando dona Marisa faleceu. Presidente, meu abraço ao senhor e meus sentimentos pelo falecimento de dona Marisa. Um abraço meu, da Adriana e dos meus filhos", disse.

"Obrigado Sérgio", respondeu o petista.

 

Fonte: Política ao Minuto

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Prefeitura de Lagoinha realiza passeio com idosos do grupo renascer

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Secretaria de saúde de São J. do Arraial realiza campanha dezembro vermelho

Picos Por Jucelma Sales

Cantor Picoense Bruno Pizadinha se apresentará no programa do Ratinho

Dom Expedito Lopes Por Josely Ecologista

Escola Padre Albino de Dom Expedito Lopes realiza aula da saudade.

Colônia do Gurgueia Por Geney Ribeiro

Igreja evangélica realiza o III Gurgueia para Cristo em Colônia do Gurgueia

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium