Terça, 28 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

30°

20° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Curiosidades
Curiosidades
Coluna de notícias curiosas.
Entretenimento Bizarro
17/06/2022 11h22 Atualizada há 2 semanas
Por: Carol Sousa

Conheça a impressionante múmia do gigante de duas cabeças que intriga cientistas

Você acredita que homens titãs já chegaram a habitar a superfície da terra?

Os cientistas não tem uma conclusão satisfatória de que os gigantes existiram, e nem que eles não existiram, a bíblia por sua vez até chega a mencionar esses seres e os filmes fazem questão de sempre deixar essa dúvida em nossa cabeça, porém, como já citado não se sabe se eles existiram ou se não passa de lenda.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Contudo, cada vez mais fatos surgem e deixam em dúvida o conceito do que pode ser considerado real e lenda .... como é o caso do gigante de duas cabeças que questiona a ciência com a sua condição um tanto quanto surpreende.

Continua depois da publicidade

Em um museu modesto de Baltimore, nos Estados Unidos, estão expostos os restos mumificados de um homem gigante, de 3,66 metros, que é, na verdade, um autêntico fenômeno da natureza porque tem duas cabeças.

Esse Titan trata-se de uma verdadeira lenda, cujas origens remontam ao ano de 1.500, quando Fernando de Magalhães chegou ao litoral da Patagônia argentina, durante a expedição que buscava uma passagem entre o Oceano Atlântico e o Pacífico.

As lendas da época situam Kap-Dwan, o gigante de duas cabeças, na região patagônica. Não há registros que permitam estabelecer sua procedência com precisão. Por isso, sua existência seria explicada por duas histórias.

Uma delas diz que Kap-Dwa foi encontrado por marinheiros espanhóis um século depois de Magalhães visitar as praias do sul argentino, em 1670. Na época, ele havia sido capturado e transportado em um navio, onde morreu perfurado por uma lança enquanto lutava por sua liberdade.

A outra história conta que o gigante de duas cabeças foi encontrado morto em uma praia, com uma lança atravessada no peito. De acordo com essa versão, ele era oriundo de terras paraguaias, onde foi mumificado por nativos do local que o adoravam como uma divindade.

O que se sabe é que há muito mais dúvidas do que respostas sobre o que já se passou pela terra em eras remotas, o que nos resta é supor que esse seres não existem mais...

Fonte: Infobae
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp