Sábado, 18 de janeiro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Nova Comunicação 1
Política - Governador

Postada em 10/06/2018 ás 08h03 - atualizada em 11/06/2018 ás 10h32

Publicada por: Redação

Wellington Dias participa do lançamento da pré-candidatura de Lula
A orientação do Partido do Trabalhadores é que atos semelhantes a estes sejam realizados em todos os estados.
Wellington Dias participa do lançamento da pré-candidatura de Lula

Foto: Ascom

O “lançamento oficial” da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi realizado nesta sexta-feira, 8, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte. As lideranças do Partido do Trabalhadores (PT) reforçaram a intenção de registrar Lula na Justiça Eleitoral no dia 15 de agosto e mantiveram o discurso oficial de que não há “plano B” para a legenda. O evento foi prestigiado por lideranças de todos o Brasil, entre eles a ex-presidente Dilma Rousseff.

O governador do Piauí, Wellington Dias, ressaltou que esta é uma situação nova, em que os líderes terão que aprender como em uma conjuntura excepcional fazer a campanha sem a presença física do ex-presidente. “É a primeira vez desde 1989, quando nos acostumamos em todas as eleições a ter a presença deste extraordinário líder, que é o Lula, que não teremos a sua presença física. Tive o privilegio de visita-lo em Curitiba, e ali, pude ver uma pessoa muito forte. O tempo todo preocupado com o Brasil, preocupado com os mais pobres. Eu diria muito preparado para as articulações necessárias para garantir o melhor caminho para o Brasil”, disse.

Dias ressaltou a teoria de que não há “Plano B”. “Saímos desde encontro todos muito convencidos que em cada estado há hoje um palanque, um conjunto de líderes que dão sustentação a essa candidatura, porque há do outro lado a vontade do povo. A   tendência é de o Lula seguir crescendo. Primeiro sem nenhuma prova fizeram uma condenação, e ele seguiu crescendo nas pesquisas. Depois, resolveram ilegalmente colocá-lo numa prisão, e ele e prosseguiu crescendo, por que a população está vendo o país se desmanchando. Está vendo o abismo. Os que assumiram, após o golpe, em quem destituíram a presidente Dilma, aqueles que lá estão não têm qualquer controle sobre o que acontece no Brasil”, destacou o governador piauiense.

“Por onde tenho andado, temos a convicção que o líder capaz de unir o Brasil, de dialogar, de articular, enfim, para dar um rumo para o Brasil, para que possa voltar a ter esperança, para que os brasileiros possamos pensar com firmeza em relação ao futuro: é Luiz Inácio Lula da Silva”, finalizou Wellington Dias.

A orientação do Partido do Trabalhadores é que atos semelhantes a estes sejam realizados em todos os estados brasileiros e que conte com a participação dos principais líderes nacionais.

Fonte: Ascom

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Grande Final da XVI Copa Timon será neste sábado(18) no campo do Zé Dedé

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Comissão coordenadora do Teste Seletivo divulga locais de provas

Água Branca-PI Por Lenno Oliveira

Água Branca assina ordem de serviço para construção de calçamento

José de Freitas-PI Por Ítalo Fonseca

Bandido é preso em José de Freitas após fugir da penitenciaria Major César

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Presidente da ASSEPUMU participa de reunião com a secretária de Educação

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium